segunda-feira, junho 27, 2005

O desafio das seitas

Nada melhor que um título chavão para um tema recorrente de muitas palestras na Igreja. O Ofício inicia hoje uma série que vai até quando nos der na telha (ou até sermos processados...hehehe...) e que comprova que: Seita e chavão, -nascidos um para o outro-.
Boa parte dos posts está baseado no que se encontra no site do CAPC

Conheça algumas e comprove:

1. Em 1978, o então missionário norte-americano Jim Jones, foi responsável pela morte de 900 seguidores, na Guiana Francesa, todos envenenados após Ter anunciado a eles o fim do mundo.

2. Em 1993, o líder religioso David Koresh, que se intitulava a reencarnação do Senhor Jesus, promoveu um verdadeiro inferno no rancho de madeira, onde ficava a seita Branch Davidian. Seduzindo os seguidores com a filosofia de que deveria morrer para depois ressuscitar das cinzas, derramou combustível no rancho e ateou fogo, matando 80 pessoas, incluindo 18 crianças.

3. Em 1997, outra seita denominada Heaven's Gate (Portão do Céu), que misturava ocultismo com fanatismo religioso, levou 40 seguidores ao suicídio. Na ocasião, essas pessoas acreditavam que seriam conduzidas para outra dimensão em uma nave que surgiria na cauda do cometa Halley Bop.

4. Borboletas Azuis, da Paraíba - um grupo de penitentes radical e isolado. As crianças do grupo nem sequer vão à escola. Previram um diluvio que marcaria o fim do mundo para 13 de maio de 1980.

5. Vale do Amanhecer, Brasília - Auto intitulada Ordem Espirtualista "Cristã". Em primeira instância, trata-se de um grupo de espíritos veteranos deste planeta, todos com 19 ou mais encarnações, juramentados ao Cristo e que se especializaram no trabalho de socorro, em períodos de confusão e insegurança.

6. Suprema Ordem Universal da Santíssima Trindade - "INRI CRISTO, Mentor Espiritual e Regente da SOUST (Suprema Ordem Universal da Santíssima Trindade), [que se intitula como o próprio Senhor Jesus reencarnado], nunca pediu, não pede e jamais pedirá nada a ninguém. Por sua legitimidade e condição representativa, não possui e jamais possuirá bens materiais."

Reserva pensamento do leitor:
I. "Será eles colocaram 6 chavões de propósito pra associar com o número da besta?..."
Postar um comentário