domingo, março 07, 2010

Não basta ser chavão. tem que ter análise

É o que acredita Raphael Rapl do "Rapensando"
Evidente que, para analisar chavões, nada melhor do que...chavões.


Série: Jargões Evángélicos -----> Parate VI: "Deus tem um plano na sua vida"

"É estranha a relação que se banalizou com Deus, impressionante mesmo é como isso a cada dia que se torna mais banalizado. A expressão "Deus tem um plano na sua vida" é um dos jargões mais conhecidos, provavelmente a frase-mestra ao se evangelizar é o velho chavão. Em uma sociedade onde preza-se pela individualidade, nada melhor que massagear o ego de alguém dizendo que Deus se importa com ela de forma individualizada. Longe de dizer que isso é uma mentira, o importante a se destacar é o que afinal de contas é esse plano e as consequências de interpretações erradas sobre isso.

O plano de Deus para a vida de todos é a mais básica das doutrinas cristãs: a salvação, amplamente divulgada e dificilmente rechaçada como doutrina mais importante dentro do cristianismo. O mais estranho no entanto é a forma como mostram a salvação, é ela realmente para todos?'


Análise completa, aqui.
Postar um comentário