segunda-feira, agosto 30, 2004

Fórmula genérica de um doido cristão

Coube a um cristão, um padre irlandês, com seu cartaz chavão, protagonizar o momento mais patético das Olimpíadas 2004.

Reuters

A figura é Cornelius/Neil Horan, padre Irlandês que invadiu Silverstone no ano passado, com seu cartaz e suas fórmulas genéricas como:
"Israel é o cumprimento das profecias - diz a Bìblia".
Uma suposta declaração dele diz (mais genérico):
-Quis provar que -Deus pode tudo-, até deter o líder de uma maratona".

Tá bom, seu padre. Se a sua Bíblia diz isso, tudo bem. Mas vá com esses genéricos -pro raio que o parta-.
Atitude cristã mesmo foi a de Vanderlei. Ele perdoou o maluco, conforme o portal Terra.

O que você acha? Usar genéricos como esse convence o mundo de alguma Verdade?

Reserva Atualização:
A bem da verdade, Cornelius Horan é um EX-padre. Felizmente.
Postar um comentário