domingo, janeiro 16, 2005

Aniversário Chavão clássico genérico

Pois é, galera, chegamos ao primeiro aniversário. E em aniversário, já sabem, não poderíamos deixar de mandar chavões:

1. Já um ano, hein?
2. Não imaginava que chegaríamos até aqui.
3. Isso é fruto de um trabalho constante.
4. Devemos isso aos nossos visitantes, que nos honram, com sua presença.
5. Estamos mais experientes e amadurecidos.
6. Agora é dar seqüência a este trabalho.
7. Queremos agradecer a todos que nos apoiaram e incentivaram até aqui.

Depoimentos chavão des famosos:
I. "Um pequeno passo para o Ofício, mas um grande passo para a Cristandade". (Neil Armstrong)
II. "Hai que renovar-se si, pero perder los chavones, jamas!" (Che Guevara).
III. "Erguei chavões e dai glória a Deus!" (Padre Marcelo).
IV. "Chavão é que nem a farinha da viúva de Sarepta, quanto mais usa, mais tem" (mais uma metáfora do presidente Lula).

Reserva:
"No acredito em chavones, pero que los hai, los hai".

Valeu galera. É aniversário sem bolo e refrigerante, mas é aniversário.
Aproveitamos para registar mais uma vez o agradecimento ao Homem Chavão, o longa metragem que deu origem ao Ofício.

Obrigado a todos vocês!
Postar um comentário