quarta-feira, setembro 21, 2005

MPB ou MCEB?

José Barbosa Júnior fala sobre seu dilema entre a Música Chavão Evangélica Brasileira ou a Popular. Confira trechos:

indicado pelo Lucas

'Minha primeira conclusão é que estamos -passando por um grande deserto-. A igreja deve estar passando por um grande período de estiagem, de seca. Só isso pode explicar a quantidade de músicas pedindo chuva. -Faz chover, derrama tua chuva, vem com tua nuvem, abre as comportas do céu, derrama a chuva, chuva de avivamento-..."
(...)

"Em contrapartida, também fala-se muito de fogo. Quando não é chuva, é fogo. -Realmente é fogo ouvir tanta coisa assim-. Tinha até uma música (?) falando do “diabo fazendo careta, e o crente com esse fogo faz churrasco de capeta”. Acho que a mesma música ainda falava de “fogo no diabo da cabeça aos pés”. As outras falavam de fogo como algo bom. Não consigo ver isso na linguagem bíblica. -Fogo sempre está relacionado a destruição, juízo-, etc. -Era tanto fogo que, é claro, tinha que ter alguém se derretendo-. "
(...)
"-Outro lado dessa moeda-, e esse eu acho pior, são as músicas românticas-sensuais-eróticas que são dedicadas a “Jesus”. Também, -não era de se esperar menos-, afinal de contas, -com uma NOIVA tão desesperada.-.. "
(...)
"Bem... na verdade foram poucas horas que -consegui essa façanha- de ficar ouvindo uma rádio evangélica. Não agüentei nem 6 horas... -mais um pouco e eu surtava.-.. e eu não podia surtar, estava trabalhando... sintonizei na MPB FM... e -dei graças a Deus- pela -boa música popular brasileira-..."

Chavões, digo, texto completo, aqui.
Postar um comentário