sexta-feira, setembro 30, 2005

Clássicos cristãos no Guinness

Em julho do ano passado, nosso leitor chavão Lucas nos falou sobre a tentativa de recorde mundial que seria feita na ULBRA, no Rio Grande do Sul. Nós, é claro, não deixamos passar os chavões de quem vai fazer uma tentativa., como você lembra.

Agora, ele nos escreve para declarar: "O recorde foi confirmado pelo Guinness World Records! E o melhor de tudo é que quase 100% do repertório de músicas é cristão". E, é claro, para exercer o Ofício: . -Deus seja louvado-" .
Trecho do release:

Rio Grande do Sul no Livro dos Recordes: 36 horas de canto contínuo

-Senhoras e senhores: temos um recorde mundial-”! As palavras ditas imediatamente após a última nota musical da Maratona de Canto Contínuo, realizada pela Pastoral Universitária da Universidade Luterana do Brasil entre os dias 3 a 4 de julho de 2004, receberam sua confirmação hoje, 30.09. Após 453 dias de expectativa, a confirmação foi feita através do site do Guinness World Records (GWR), sediado em Londres, Inglaterra, na seção particular referente à tentativa.

O feito foi realizado na Capela Universitária da Ulbra. A atividade foi coordenada pela equipe da Pastoral Universitária, com o objetivo de, além de alcançar o recorde, homenagear os cem anos que a Igreja Evangélica Luterana do Brasil, à qual a ULBRA é filiada, completava em junho do ano passado.

Das 7h do sábado (3.7.2004), às 19h do domingo (4.7), mais de cem músicos e cantores revezaram-se para registrar a marca no Guinness Book, executando um repertório de cerca de 700 músicas, sendo, pelo menos, 500 diferentes entre si. (...) O recorde anterior de canto contínuo registrado pelo GWR era de 29h3min, estabelecido em junho de 2002, no “The Hoy at Anchor Folk Club”, em Essex, no Reino Unido (http://www.ridgeweb.co.uk/hoy.htm).

A Ulbra torna-se a primeira universidade do país a realizar um feito que entra para o Guinness Book. “Poucos dias após a celebração da tradição gaúcha, na Semana Farroupilha, os gaúchos têm mais um motivo para se orgulhar de seu Estado”, disse o capelão responsável pela maratona, Lucas Albrecht"
(Israel de Castro)

Mais detalhes, no site da pastoral da ULBRA.
Postar um comentário